Friday, August 21, 2009

A PURGA

Em vez de hoje falar sobre o que me aborrece, apetece-me postar sobre outro assunto...
...

É impressionante o comportamento que uma pessoa mantém mesmo depois de a tempestade ter cessado...
Passo a explicar:
Ainda hoje tenho pesadelos recorrentes em relação ao meu passado. Se não os tenho todas as semanas, seguramente que de 15 em 15 dias sou assombrada por uma reviravolta nocturna que transforma a minha realidade numa vida paralela...
Sonho que a minha mãe ainda está casada com o crápula do meu padrasto...
Todas as vezes os cenários mudam mas a história é sempre a mesma, e acordo sempre no momento em que ele me está a foder a cabeça (como era hábito, fora outras barbaridades cometidas) e que eu me estou a passar do juízo, como era costume...
É engraçado como os velhos hábitos custam a morrer... Já passaram 2 anos desde o divórcio e mesmo assim, no meu subconsciente, o passado vive bem fresco dentro de mim.
Ás vezes pergunto-me se será esta a maneira que criei para me purgar de todo o mal que passei nas mãos daquele homem ou se será um sinal de que preciso de ajuda...
Purga por purga, se o resultado for este, não sei se prefira assim ou de outra maneira qualquer...
Seja como for, continuo a odiar a sensação de acordar em sobressalto a meio da noite e ainda ter de pensar um pouco para conseguir distinguir a ficção da realidade...


My mind must be all fucked up
if the past still hunts...

4 comments:

huckleBÉ finn said...

:\ se calhar estava mesmo na hora de pedires ajuda ;)

beijos

Mia said...

Tenta aceitar o k aconteceu como um facto da tua vida e tornar-te-às mais leve e deixarás de pensar nisso com a mesma dor e raiva. Quando digo aceitar, não digo perdoar, mas como uma coisa que já foi...Não foi bom, mas já foi...
A vida é composta possívelmente de coisas mais boas k más. Seleccionamos sempre o que dói mais para lembrar, o k é uma grande chatice, pk a selecção deveria ser sempre ao contrário, só k se tudo fosse bom, nunca ganharíamos defesas. Pensa k te tornaste numa pessoa mais forte...isso vai passar, mas se entenderes precisar de ajuda técnica, porque não?
Um beijo grande...nunca imaginei poder arrastar-te com o meu casamento para uma situação destas, mas agora tbém já é passado e não há mais nada a fazer, a não ser aceitar os acontecimentos, tais como muitos outros que tbém nos magoaram e k fomos capazes de ultrapassar.
És forte, vais conseguir e abes k eu estou cá para ajudar.
Beijinho
Mummy

Fallen, The Countess said...

És linda mãe... Espero que saibas que não te culpo de nada...

manel said...

Espero que a minha companhia te ajude na purga dia-a-dia. Até que os pesadelos passem de mês a mês, depois ano a ano, e depois nunca mais!