Monday, June 2, 2008

Contradição




A facilidade com que as pessoas se habituam à realidade...

A saudade é o sentimento mais estranho e contraditório que conheço...

... Passam os minutos, as horas e os dias e o sentimento vai mudando, volátil... Hoje quero-te, amo-te, amanhã nego-te, depois afasto-te, para não sentir a dor...
O meu corpo já responde em modo automático às partidas de alguém, e estranhamente, a reacção começa sempre da mesma maneira, quer ela parta por uns dias ou por uma vida...
Não entendo como sou capaz de ser tão fria e distante com alguém que me toca tanto... Este minha defesa não é a melhor, mas a verdade é que, passando os primeiros 3 dias, tudo parece esvanecer, e começa a deixar de doer tanto, apenas a crença me faz ficar fiel a um conceito, que eu mesma, às vezes, dúvido em parte que possa ser real...

Mas enfim...

... Forço-me a não pensar... Mas quando fecho os olhos e sonho, apaixono-me novamente e amo-te perdidamente... Acordo com a saudade a arder-me no peito...

E por fim, a aproximação desejada... O beijo, o toque, o todo...


2 comments:

Shutter said...

Hoje não tenho Palavras...,
ficaram espalhadas pela areia,
até que chegue a maré-cheia
e as deixe onde calhar...
os meus olhos esses, perderam-se no Mar
e os Sentimentos ficaram abraçados as ondas!!
...Os Beijos, distribuí-os, pelas gaivotas que passaram...
e os Desejos, foram levados num sopro de Vento!
...Resta-me na boca, um doce sabor teu,
o Tempo, sem saber, deixou-me o Céu...!
...Apesar de estar só, ...estou contigo,
apesar de longe,estou tão perto
e sorrio intensamente...,
pois tenho um Oásis, ...sem estar no deserto!
...E sorrio intensamente...,
pois deixei as Palavras no sitio certo!

Fallen, The Countess said...

Que mais quer que eu lhe diga meu jovem??? Cada palavra sua é como um entendimento em comum!!! Sinto como se minhas fossem!

P.S.- E assim, já passou o amuo, já?