Wednesday, April 15, 2009

O amor e o sonho


Quando o amor é maior que o sonho, tudo é suportável...
Basta um olhar ou um beijo para todo o mal de esvanecer... O
tempo comprime-se novamente numa garrafa e parece imutável...
Mas quando o sonho é maior que o amor, parece que o corpo se rasga em dois...
A dúvida enterra-se na pele como uma lamina e por muito que tentemos esquecer, ela apenas se entranha cada vez mais...
Porque razão temos de escolher entre o que gostariamos que fosse e o que pensamos ser melhor para nós...?


5 comments:

huckleBÉ finn said...

que questões são essas que se alevantam nessa sua cabecinha hum? o sonho e a fantasia muitas vezes não devem passar disso mesmo... Às vezes é bom não concretizarmos determinados sonhos, é bom que assim permaneçam, para termos algo com que sonhar ainda... o sonho dá-nos força para continuar! É bom que não desvendemos todos os mistérios nem cortemos todas as metas... Há coisas que não são para alcançarmos ;)
Miúda, aproveita as coisas fantásticas que tens e olha para a vida pela perspectiva do que atingiste... keep dreaming ;)

Cantador de desgarradas said...

O que gostaríamos que fosse deve ser, também, o que pensamos ser melhor para nós. Por isso, não nada para escolher. A vida vive-se!

:)

Bom dia de chuva.

Cantador de desgarradas said...

*Por isso, não nada para escolher...Subentendia-se, mas...

huckleBÉ finn said...

oh minha querida, mas vais sempre a tempo... e depois não podes deixar que as coisas más do passado afectem as coisas boas do presente e do futuro... se sentes a necessidade de andar para a frente, anda, com calma e muita vontade tudo se consegue!
Acho que estamos a precisar do tal cafezinho ;)

beijocas grandes

Fallen, The Countess said...

Bé, esse café tem de ser para breve! Não anda esquecido! It´s a promise!

Cantador de desgarradas, naturalmente que a vida se vive, mas as dúvidas devem existir para não cairmos em erros. Mas obrigada pelas palavras. Já agora, who are you?