Thursday, March 18, 2010

A palhaçada do costume

É por estas e por outras que decididamente eu não gosto de ler o jornal! Nem o jornal nem nada que se pareça...
Fico logo com umas trombas de metro e meio quando apanho com notícias destas logo pela manhã:

Polícia especial em alerta após morte de rapper

«Unidade Especial de Polícia, do qual fazem parte elementos do Corpo de Intervenção e o Grupo de Operações Especiais, está de prevenção desde segunda-feira, após a morte de Nuno Rodrigues, o rapper "MC Snake", abatido a tiro por um agente da PSP(...)»

Ai o fodasse!!... Fiquei nas horas!!!

Tenho muito pouco saco para histórias do tipo «ladrão-que-vira-rapper-que-se-acha-o-maior-e-não-tem-onde-cair-morto-e-que-foge-da-bófia-e-leva-um-balázio-no-meio-dos-cornos»!
Pah, a paciência tem limites!
Estou-me profundamente a cagar para o gajo que foi furado e aproveito desde já para demonstrar todo o meu apoio ao bófia de dedo rápido no gatilho, que sim Sr, fez um excelente trabalho e só tenho pena de não ter havido mais um ou dois balázios, que isto se é para furar mais vale não fazer por menos!
Já não bastava a notícia trazer uns fracos comentários de gentalha que se acha o máximo (passo a exemplificar: Bosses AC´s e o raio a quatro), a tentativa de fazer com que o Cobrinhas se pareça ao 50 Cent, além de forçada, é idiota! Mas esta gente não tem exemplos de maior? Desde quando o rap faz parte da cultura do nosso país?!?
E como se não bastasse a palhaçada geral em volta do coitadinho que esticou o pernil ainda temos de levar com vigílias manhosas por quem tem falta do que fazer, a modos de rebelião contra quem mais não fez do que o trabalho dele, o que aliás, era esperado!

Calem-me essas bocas sugadoras dos nossos impostos, que gente honesta não perde tempo com merdas inúteis! Que a família esteja consternada, pah, tudo bem, é sempre uma morte, nunca se aceita, mas também ninguém o mandou ser estúpido!
Mas que outros venham arrebitar cabelo, aí eu passo-me dos reais cornos e só me apetece pegar numa arma e desatar a disparar! Fosse este um mundo paralelo e era o que me apanhavam a fazer no dia da tal vigília!
Fico revoltada pah!!
E não me venham com merdas de racismos e afins que essa porra já não pega com ninguém! Brancos, pretos, amarelos, vermelhos, azuis ou verdes, para mim é tudo igual! Enfiem os direitos do homem no cú, casos destes deviam servir de exemplo!
Desocupem-me os jornais para coisas mais importantes, e já agora, se não for pedir muito, mais interessantes...




1 comment:

Popper said...

Ora pois, caríssima discípula. Também eu me passo dos carretos e já não tenho paciência. Mas isto sim, é desassombro. Bjs.