Saturday, March 28, 2009

Baile da meia-noite

Eu quero é ser alegre
Que a tristeza não me convém

Se o meu amor soubesse
Que aqui estava eu chorando
Pra me encontrar viria
Pelos mares cruzando
De nuvem em nuvem voando

Os meus olhos já nem choram
Por não te ver já água não têm
E a tristeza não me convém

Os teus olhos já nem choram
Haja alguém a quem o amor não convém

Os teus olhos já nem choram...


A pensar em ti
minha querida amiga...


1 comment:

Popper said...

Oi querida discípula: Passei por aqui e mais uma vez deliciei-me. Bjo.